Notícia

Uma área de 38 mil metros quadrados junto ao rio Tejo

O MAAT – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia será a peça central da área de 38 mil metros quadrados que a Fundação EDP ocupa na margem norte do rio Tejo. Aqui, a icónica central elétrica do início do séc. XX e o novo edifício, concebido pelo atelier londrino Amanda Levete Architects, convivem e oferecem uma programação cultural variada. A Central Tejo moderniza-se, mantém a vocação para a ciência e passa a ter quatro galerias. O novo edifício contempla também quatro espaços expositivos num total de cerca de 3 mil metros quadrados.

Os dois edifícios serão unidos por um parque, pensado pelo arquiteto paisagista Vladimir Djurovic, que oferece um espaço exterior de excelência, com circulação livre, nesta zona ribeirinha da cidade de Lisboa.

No seu conjunto, o Campus da Fundação EDP estará concluído em junho de 2017.