Notícia

Tributo a Mário Cesariny nos 10 anos da sua morte

Influenciou toda uma geração de novos poetas tal como tinha acontecido com o Modernismo do Orpheu. A pintura e a poesia foram sempre aliadas em Cesariny: muitas obras incluem palavras recortadas, conjugações de textos e imagens, e outras formas experimentais. A sua obra poética e teórica inclui inúmeras obras, reconhecidas pelo público. Em 2002 foi Grande Prémio Fundação EDP Arte. Quatro anos depois, morre em Lisboa a 26 de Novembro.

Mário Cesariny: De Cor e Salteado, é a exposição que vai estar patente no Centro Cultural de Belém de 7 de março a 16 de abril e onde são apresentadas algumas das peças mais importantes da obra de Mário Cesariny.

Este “Tributo a Cesariny” tem o alto patrocínio do Presidente da República e a Fundação EDP é parceira e membro organizador do projecto. Durante este ano, estão previstas exposições, concertos, conferências, espectáculos e evocações.

Consulte aqui o programa de acontecimentos.