Notícia

Arte Vudu na Colecção Treger - Saint Silvestre

A Fundação Arpad Szenes-Vieira da Silva, da qual a Fundação EDP é mecenas, abre a temporada de Outono com a exposição temporária Arte Vudu da Colecção Treger / Saint Silvestre, inserida no ciclo Uma Obra, uma Colecção. A exposição está patente entre 29 de setembro de 2016 e 22 de janeiro de 2017. 

O núcleo de arte Vudu apresentado é parte da colecção de Richard Treger e António Saint Silvestre, uma das maiores colecções de Arte Bruta do mundo e a única existente na Península Ibérica, com cerca de mil peças. As peças deste núcleo específico caracterizam-se por aliar a estética à religião, conferindo à pintura e à escultura um significado transcendente que as transforma em objectos de culto. 

A raridade das peças mostradas nesta exposição acentuou-se com os últimos eventos no Haiti, que desde o terramoto de 2010 tem vindo a sofrer um crescendo de violência desencadeado pela extrema miséria da população. Durante o sismo de 2010 os museus locais de Porto Príncipe perderam grande parte das suas colecções.
 

 

 

 

Imagem: Serge Jolimeau, Sem título | untitled, sem data | undated