Cultura | Grande Prémio Fundação EDP Arte

Grande Prémio Fundação EDP/Arte

O Grande Prémio Fundação EDP/Arte, criado em 2000, é uma iniciativa trienal da Fundação EDP. Pretende consagrar um artista plástico, com carreira consolidada e historicamente relevante, cujo trabalho contribui para afirmar e fundamentar as tendências estéticas contemporâneas portuguesas.

Para além do significativo valor pecuniário, o premiado é homenageado através de uma exposição de caráter retrospetivo e/ou antológico e da publicação de um catálogo que constitui uma importante referência historiográfica e bibliográfica.

Na história das suas edições, o Grande Prémio Fundação EDP/Arte já distinguiu grandes nomes da arte contemporânea nacional como Lourdes Castro (2000), Mário Cesariny (2002), Álvaro Lapa (2004), Eduardo Batarda (2007), Jorge Molder (2010), Ana Jotta (2013)e Artur Barrio (2016).